Posted 25 August 2014, 3 weeks ago | 7,102 notes | reblog this post
(originally sowsly / via seujeito-minhamaneira)
Posted 25 August 2014, 3 weeks ago | 7,102 notes | reblog this post
(originally sowsly / via seujeito-minhamaneira)
Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último pra esquecer tolices. O último para ignorar o que, no fim das contas, não tem a menor importância. O último para rir até o coração dançar. O último para chorar toda dor que não transbordou e virou nódoa no tecido da vida. O último para deixar o coração aprontar todas as artes que quiser. O último para ser útil em toda circunstância que me for possível. O último para não deixar o tempo escoar inutilmente entre os dedos das horas.
Ana Jácomo.  (via thiaramacedo)
Posted 24 August 2014, 3 weeks ago | 2,244 notes | reblog this post
(originally texxxtos / via thiaramacedo)
Um dia, perguntei para o psiquiatra: sou bipolar? Ele me disse: de bipolar você não tem nada. Você é sincera e tem sentimentos intensos. E me explicou a origem da palavra sincera, que vem do latim e significa “sem cera”. Antigamente, carpinteiros e escultores usavam cera para disfarçar os defeitinhos de esculturas e móveis de madeira. Então, eles lixavam, passavam verniz e tudo ficava aparentemente perfeito e em ordem. O aspecto das peças era magnífico. Com o passar do tempo, do frio, calor e uso, a cera ia se desmanchando e os defeitos iam ganhando vida. Sinceridade é “sem cera”, ou seja, sem máscaras, sem retoques, sem querer ser o que não é. Achei bonita a explicação dele. E triste. Dói ser “sem cera”.
Clarissa Corrêa.  (via thiaramacedo)
Quem dera eu aprendesse a viver cada dia como se fosse o último. O último pra esquecer tolices. O último para ignorar o que, no fim das contas, não tem a menor importância. O último para rir até o coração dançar. O último para chorar toda dor que não transbordou e virou nódoa no tecido da vida. O último para deixar o coração aprontar todas as artes que quiser. O último para ser útil em toda circunstância que me for possível. O último para não deixar o tempo escoar inutilmente entre os dedos das horas.
Ana Jácomo.  (via thiaramacedo)
Posted 24 August 2014, 3 weeks ago | 2,244 notes | reblog this post
(originally texxxtos / via thiaramacedo)
Antes de dormir rezei, pedi a Deus que perdoe tanta ingratidão de minha parte, por não enxergar tudo de bom que a vida me oferece, e continuar aqui me lamentando.
Tati Bernardi.  (via serporestar)
Posted 24 August 2014, 3 weeks ago | 12,218 notes | reblog this post
(originally serporestar / via seujeito-minhamaneira)
Onde foi parar todo o romantismo dos séculos passados? Cadê os buquês de flores, as declarações em poesias e as serenatas de amor? Quero escrever cartas, ganhar bombons, ver o pôr do sol, passar a noite admirando a lua e contando estrelas. Não existe mais aquela coisa de jogar pedrinhas na janela e fugir de casa com a pessoa amada por uma noite? Não existe mais aquela coisa de pegar o violão e cantar uma música romantica para seu amor na frente de todo mundo? E correr atrás pedindo pra ficar no meio da multidão de um aeroporto?Não tem? Não existe mais? Acabou? Amar assim tá tão ultrapassado, tão fora de moda… Mas e dai? Eu sou brega mesmo.
Thiara Macedo (sdpm)
Posted 24 August 2014, 3 weeks ago | 7,528 notes | reblog this post
(originally thiaramacedo / via thiaramacedo)

Deus com “D” maiúsculo. Aprenda.

Posted 22 August 2014, 4 weeks ago | 10,441 notes | reblog this post
(originally decifrandoavida / via botecolosofia)

fake, habbo, rebelde, tv globinho, cartoon network, brincar na rua, v3 ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: sorry crianças de hoje.

Posted 22 August 2014, 4 weeks ago | 2,149 notes | reblog this post
(originally your-principe / via botecolosofia)
Se você tem pai, se você tem mãe, se você tem uma casa, se você tem uma comida na mesa, se você tem uma cama limpinha, quentinha, se você tem saúde, se você enxerga, se você escuta, se você se supera, se você erra e aprende com seu erro, aí você é feliz, aí você tem tudo.
Chorão.  (via nobroke)
Posted 22 August 2014, 4 weeks ago | 83,102 notes | reblog this post
(originally resonares / via botecolosofia)
1st page
askbox
"Quero meus amigos de verdade sempre perto. Minha família sempre ao lado. Gente boa me rondando. O resto eu não quero. Gente que suga, que só quer, que não sabe ouvir, que tem inveja, que não sabe rir de si mesma. Não quero isso na minha vida. Eu quero claridade, entende? Gente clara, transparente. Que pisa na bola, mas entende, volta atrás, se assume."
Tempo, tempo, tempo, tempo (...)
Ser ou Parecer
Errou? Então faça desse erro uma lição! (:
RBD \õ/
theme por affectingyou; com detalhes de decepcionar, sk8er-girl e desesperancoso.